Total de visualizações de página

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Pensamento em você




Não sei bem por que faço, mas é inevitável. Ultimamente tenho pensado tanto em você, sinto como se você estivesse voltando, inteiro, realizado e feliz. E que dentro de pouquissimo tempo estaríamos juntos outra vez, você devolveria a  metade que tanto tem me faltado desde que nos separamos na estação e dividiria comigo toda bagagem dessa experiência que tanto ambicionava. Pena que nada disso vai ser possível; pena que nada disso seja real, (pelo menos por enquanto). E é angustiante pensar que você será o único a não regressar do contingente e eu serei a unica a não sentir a alegria de te esperar no aeroporto e lhe dar aquele abraço, aquele beijo e nós seremos os únicos a não matar essa saudade gigantesca e corrosiva. É inevitável lutar contra as lágrimas que teimam em brotar de meus olhos toda vez que este pensamento vem ao meu encontro...


Mari carazolli

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Essas malditas lembranças...



Detesto esses pedaços de passado que parecem ter vida própria, que volta e meia entram no meu caminho, que parecem assombrar o presente e desafiar o futuro e que não sabem ficar no seu devido lugar; Lá atrás, nas lembranças empoeiradas, nas paginas amareladas. Fim! acabou! Se foi! Já era! Passou!
Quando uma casa desaba, explode, pega fogo, você não continua morando nela, continua?

Mari Carazolli