Total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Essas malditas lembranças...



Detesto esses pedaços de passado que parecem ter vida própria, que volta e meia entram no meu caminho, que parecem assombrar o presente e desafiar o futuro e que não sabem ficar no seu devido lugar; Lá atrás, nas lembranças empoeiradas, nas paginas amareladas. Fim! acabou! Se foi! Já era! Passou!
Quando uma casa desaba, explode, pega fogo, você não continua morando nela, continua?

Mari Carazolli